Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Alunos do Sesi são vereadores por um dia em Apucarana

Alunos do Sesi são vereadores por um dia em Apucarana

por Administrador publicado 30/09/2011 15h51, última modificação 08/04/2016 19h55
A Câmara de Apucarana realizou, na noite desta quarta-feira (28), mais uma edição da Câmara Estudantil, projeto lançado pela atual gestão com o objetivo de estimular o debate político e o exercício da cidadania entre os jovens. Desta fez, foram vereadores por um dia alunos do Colégio do Sesi.

Eles debateram vários problemas da comunidade e apresentaram projetos de lei, tudo de acordo com o Regimento Interno, assim como os vereadores titulares. Chamou a atenção dos vereadores e das demais autoridades presentes a qualidade dos projetos e a argumentação com que os vereadores mirins defenderam suas idéias. “Ficamos felizes a cada edição desse projeto, pois certamente as coisas vão melhorar nesse país na medida em que a juventude se interessar pelo exercício da política”, afirma o presidente da Câmara, Alcides Ramos Júnior (DEM). Ele não participou da sessão, pois estava no Hospital da Providência, com a esposa Juliana, que havia acabado de dar à luz o primeiro filho.

A sessão foi presidida pelo vereador mirim Vinícios Eduardo Piacentini, tendo como vice Júnior da Silva Ferreira, como primeira secretária Geovana Romão Weckerth e como segundo secretário Jean Carlos Alonso. Os demais vereadores mirins foram Fernanda Gonçalves da Silva, Gustavo Henrique Costa, Gustavo Ramos Schuidt, Muriel Luvison Nunes da Silva, Neemias dos Santos Araújo, Rafaela Gabardo e Thayla Dyovana Rossato. Vinícios teve a assistência, na mesa, do vice-presidente da Câmara, Valdir Frias. Também participaram os vereadores Lucimar Scarpelini (PP), Marcos Martins (PTC) e Aldivino Marques, o “Val” (PSC).


Entre os projetos apresentados pelos vereadores mirins e que chamaram a atenção dos vereadores titulares estão o que determina a pintura de branco dos telhados dos novos prédios a serem construídos na cidade. Segundo os alunos, o “telhado ecológico” rebate os raios solares e já foi adotado por algumas cidades da Europa, que conseguiram reduzir o calor em até quatro graus. Outro projeto foi o que propôs alguns dias sem carro na cidade, com a única exceção para os ônibus do transporte coletivo, ambulâncias e viaturas policiais e do Corpo de Bombeiros. Os próprios alunos acabaram divergindo entre si quanto à viabilidade da proposta. Mas aprovaram sem muita discussão outros projetos, como o que limita o número de passageiros nos ônibus que fazem o transporte escolar. Os servidores Júlio César Ravazzi e David Jonatas deram a assessoria parlamentar aos alunos. Diretores, professores e familiares acompanharam a sessão. Moisés Tavares, secretário da Juventude, representou o prefeito João Carlos de Oliveira.


sesi


30-09-2011
Imprensa