Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Apucarana faz acolhida oficial a médicos cubanos

Apucarana faz acolhida oficial a médicos cubanos

por Administrador publicado 16/04/2014 01h22, última modificação 08/04/2016 19h58
O prefeito Beto Preto (PT) comandou nesta terça-feira (15/04), no salão nobre da prefeitura, solenidade de recepção de 12 de um total de 13 médicos cubanos que vão atuar nas unidades básicas de Apucarana dentro do Programa Mais Médicos, do Governo Federal.

 

 O décimo terceiro profissional deve ser indicado e encaminhado à cidade pelo Ministério da Saúde (MS) nos próximos dias. O ato, que lotou as dependências do evento, contou com a presença do vice-prefeito Sebastião Ferreira Martins Júnior, presidente da Câmara Municipal José Airton Deco de Araújo, membros da diretoria do Hospital da Providência, além de diversas lideranças comunitárias, religiosas e outros vereadores.

 

O trabalho dos médicos deve ter início já próxima semana. Já foi dado entrada nos pedidos, é já depois do feriado todos devem ter em mãos o registro profissional junto ao conselho da categoria no Brasil. Segundo o prefeito, os cubanos vão atender em unidades básicas de saúde (UBS’s) das regiões Norte e Leste. “Eles vão compor novas equipes no Estratégia Saúde da Família (ESF), ao lado de enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde”, informa o prefeito.

 

Entre os bairros que serão contemplados vão estar o Marcos Freire, Dom Romeu Alberti, Vale Verde, Colonial, Ponta Grossa, Paz e Bem, Sumatra, Diamantina e Aviação, entre outros. “O Mais Médicos é um programa completo. Devemos sempre buscar a quebra de paradigmas, cortar aquela marra que não deixa evoluir. Quando, em outros tempos estaríamos recebendo médicos de outros países?”, indagou o prefeito. Ele aproveitou o ato para agradecer ao Ministério da Saúde e a Organização Panamericana de Saúde (OPAS), que é responsável pela cooperação. “Assim como eu estou, tenho a certeza de que toda a cidade está feliz com a chegada destes novos profissionais da medicina” salientou o prefeito.

 

Beto lembrou que Apucarana desde sua criação é formada pela diversidade de etnias, por isto pediu um bom acolhimento por parte de toda a população. “A língua da Saúde não é inglês, espanhol. A língua da Saúde é o olho no olho, no toque no paciente. O que move o sentimento de ser médico é cuidar de alguém. E sair da sua terra, deixar a família é bastante nobre. Por isto peço que todos acolham a eles com carinho, revelem o amor que temos por nossa cidade. Agora somos a família deles”, salientou Beto.

 

Ele determinou que setores estratégicos da administração de contato com a sociedade, como a Autarquia Municipal de Educação e Secretaria da Assistência Social, mantenham reunião para repassar com detalhes a realidade dos bairros onde vão atuar. “Não temos medido esforços para cumprir com o compromisso firmado junto ao povo de Apucarana. Em 2012, assumimos a Saúde com 12 mil consultas ao mês. Agora já são 22 mil consultas ao mês garantidas pelo SUS. Com o Programa Mais Médicos, vamos chegar aos 28 mil e assim estaremos perto de atingirmos nossa meta de gestão, que é de pelo menos 30 mil consultas mês”, detalha o prefeito.

 

De acordo com o secretário Municipal de Saúde, enfermeiro Roberto Kaneta, o prazo da missão dos médicos no Brasil, fixado pelo Programa Mais Médicos, é de no máximo três anos. “Até o final do mês eles ficam hospedados no alojamento do Colégio São José. Neste período vamos trabalhar para oferecer instalações de moradia definitiva”, informa Kaneta. A remuneração dos médicos será garantida pelo governo federal. “Ao município cabe garantir o custeio de moradia, alimentação e transporte”, conclui.

 

Em nome dos demais médicos cubanos, a Dra. Marucha Chavez Morales, disse que todos chegam a Apucarana para trabalhar pela Saúde. “Vamos ajudar a elevar os indicadores, trabalhar para todos, para as crianças, para os jovens, adultos, idosos”, pronunciou-se.

 

Na visão do presidente da Câmara, vereador José Airton Deco de Araújo, com a chegada destes novos profissionais em breve a população não vai mais ter problemas para ter acesso a consultas médicas na rede pública de saúde. “Que bom que hoje temos um prefeito de compromisso com o povo. Apucarana está de parabéns. Nesta fase do programa, no Paraná, foi a cidade que mais teve médicos liberados. São todos profissionais capacitados, nosso povo vai estar em boas mãos”, disse o vereador.

 

Segundo dados do Governo Federal, o Programa Mais Médicos já tem 84% de aprovação dos brasileiros. A iniciativa faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, que prevê investimento em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde, além de levar mais médicos para regiões onde não existem profissionais.

 

Com a convocação de médicos para atuar na atenção básica de periferias de grandes cidades e municípios do interior do país, o Governo Federal visa garantir mais médicos para o Brasil e mais saúde para você.

 

Relação de Médicos Cubanos

 

Yusimy Garcia Pecorelli

Juan Alberto Estrada Maure

Luis Enrique Heredia Palacio

Maria de Los Angeles Marquetti Pais

Marianela Herrera Infante

Mariselda Betunes Romero

Maritza De La Caridad Hernandez Perez

Marleni Rivero Nuñez

Marucha Chavez Morales

Melanio Octavio Santiesteban Infante

Samuel Emilio Meneses Pena

Misael Bordao Valdes