Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Marcos da Vila Reis afirma que famílias da Colônia DER terão seus imóveis regularizados

Marcos da Vila Reis afirma que famílias da Colônia DER terão seus imóveis regularizados

por Departamento de Imprensa publicado 11/11/2021 18h10, última modificação 16/11/2021 16h36
"Os moradores podem ficar tranquilos que não serão mais despejados", disse o vereador
Marcos da Vila Reis afirma que famílias da Colônia DER terão seus imóveis regularizados

Marcos da Vila Reis

Ao lado de trabalhadores do Departamento de Estradas de Rodagem (DER)/Regional Apucarana, o vereador Marcos da Vila Reis, recebeu na manhã desta quarta-feira (10/11), em Apucarana, o diretor de Regularização Fundiária da Cohapar, Luís Corti, que estava acompanhado dos servidores da Companhia de Habitação do Paraná, Saulo e Dr. Paulo, mentor da Lei nº 19.349 de 20 de dezembro de 2017, a Lei de doação de imóveis que específica a Cohapar, para fins de regularização fundiária ou outros projetos de interesse da companhia.

Durante o encontro, o diretor apresentou detalhes do programa que foi desenvolvido pela Cohapar para ampliar a efetividade da Regularização Fundiária no Estado.

Segundo o vereador, em 2017 ele apresentou um Requerimento nº 09/2017, na Câmara Municipal, endereçado ao Escritório Regional do DER, sobre o motivo da retirada das famílias das casas da Colônia destinada aos funcionários estaduais.

“De lá para cá tivemos muito trabalho. E aqui, quero homenagear o Joel, que me ajudou desde o início nesta luta, mas que nos deixou. Ele foi mais uma vítima da Covid. Hoje quem está ao nosso lado é o engenheiro Rodrigo que abraçou a causa. Afirmo que essa primeira reunião foi muito positiva e trouxe resultados satisfatórios para todos”, anunciou o vereador.

A comunidade do DER, fica ao lado do Jardim Curitiba e da Vila Reis, adiantou Marcos. “Ela é habitada por pessoas que trabalham e trabalharam no DER. Alguns continuam morando na Colônia, outros já não estão mais.  Temos hoje cerca de 20 famílias. E o meu questionamento final foi o seguinte, apesar de sabermos que tudo isso é um pouco demorado, pois depende de cartório de matrícula mãe para depois distribuir as matrículas de cada lote, os moradores podem ficar tranquilos? Não serão mais despejados? Não terão mais que abandonar suas casas? E a resposta foi positiva, existe esse trâmite acontecendo e a partir de agora ninguém mais pode ser despejado, ninguém mais pode ser tirado das casas porque existe um acordo entre o DER, a Cohapar e o Estado do Paraná para passar as casas e os lotes para quem tem direito”, concluiu o vereador.

Marcos da Vila Reis destacou a participação dos secretários Municipais do Meio Ambiente, Gentil Pereira e do secretário de Assuntos Estratégicos, Ivanildo Silva. “A prefeitura, através dos secretários e com o aval do prefeito Junior da Femac, dará o suporte necessário para o que for preciso. Em 10 dias os trabalhos podem ser realizados e concluídos. O prefeito está ao lado dos trabalhadores assim como nós. Trabalhadores que estão lá há 30, 40 anos e que até por lei já teriam direito garantido”, disse.

Marcos revelou que terá um custo mínimo para cartório. “O engenheiro Rodrigo está fazendo tudo gratuito, mas a parte burocrática não tem como. Avançamos e isso é um ponto positivo para a cidade de Apucarana essa semana: estar tudo certo e as pessoas não precisarem sair mais do seu terreno, da sua casa. Ficamos feliz por cada família que está lá. É uma história que temos lá e nós temos que cuidar da história da nossa cidade e da nossa comunidade”, finalizou Marcos da Vila Reis. Essa doação já está sendo realizada em mais 5 cidades do Paraná.