Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Apucarana vai homenagear João Elísio em junho

Apucarana vai homenagear João Elísio em junho

por Administrador publicado 02/05/2012 12h33, última modificação 08/04/2016 19h58
O ex-governador do Paraná, João Elísio Ferraz de Campos, virá a Apucarana no dia 6 de junho para receber o título de “Cidadão Honorário”.

 

A informação é do presidente da Câmara, Alcides Ramos Júnior (DEM), autor do projeto que concede a homenagem aprovado por unanimidade. Alcides esteve nesta semana em Curitiba, quando entregou cópia do projeto ao ex-governador e agendou com ele a data para a sessão solene. “Nós estamos ajudando a resgatar pelo menos uma parte da enorme dívida de gratidão que o Paraná tem com João Elísio. É uma dessas homenagens que também engrandecem o Legislativo Municipal”, defende o presidente da Câmara.

Segundo Alcides Ramos, a proposição do título nasceu porque muitas pessoas desconhecem o trabalho de João Elísio pelas comunidades do interior, seja através de cargos que ocupou em órgãos como a Celepar, a Cohapar, o Metronor e a presidência do Bando de Desenvolvimento do Paraná (Badep), seja como governador do Estado por dez meses, de maio de 1986 a março de 1987, quando o governador José Richa, de quem era vice, assumiu uma vaga no Senado. “É só falar com as lideranças políticas de Apucarana e da região, que atuavam naquela época, para saber a qualidade de homem público de João Elísio e a forma atenciosa como procurava atender a todo o interior”, acrescenta Alcides Ramos.

Nascido em Paranaguá, em 1942, o empresário João Elísio desempenhou várias funções públicas no Paraná. Foi superintendente da Fundação Educacional do Paraná, de 1973 a 1975, ano em que assumiu a secretaria de Estado da Administração até 1978. Um ano depois, Ferraz de Campos se elegeu deputado estadual, cargo que ocupou até 1982. De 1983 a 1986, foi vice-governador do Estado, tendo acumulado o cargo de presidente do Badep até 1984, quando assumiu a função de secretário de Estado de Finanças. Em 2006, Ferraz de Campos foi nomeado pelo presidente Lula para integrar o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), órgão de caráter consultivo da Presidência da República, que tem como papel colaborar na formação do juízo político do Governo como instituição representativa da sociedade. O empresário também representou o Paraná no Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul) e no Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

As marcas que João Elísio deixou no governo renderam um livro – “Seu nome é João”, do jornalista Aroldo Murá G. Haygert. Ele também foi homenageado recentemente com o título de Cidadão Benemérito do Paraná pela Assembléia Legislativa, título entregue por Alexandre Curi.

---

02-05-12