Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Decreto regulamenta a implantação do Programa Feira Verde em Apucarana

Decreto regulamenta a implantação do Programa Feira Verde em Apucarana

por Departamento de Imprensa publicado 20/09/2021 11h38, última modificação 20/09/2021 11h38
O decreto de regulamentação foi assinado na presença do vereador Rodrigo Recife, que sugeriu a implantação do programa ao prefeito Junior da Femac
Decreto regulamenta a implantação do Programa Feira Verde em Apucarana

Recife assina o Decreto ao lado do prefeito Junior da Femac

Foi assinado pelo prefeito Junior da Femac o Decreto 650/2021, que regulamenta a implantação do Programa Feira Verde, em Apucarana. O ato foi acompanhado pelo vereador Rodrigo Recife que sugeriu a implantação do programa ao prefeito Junior da Femac. Também estiveram presentes o secretário municipal de Agricultura, Gerson Canuto, que vai operacionalizar o programa, e o procurador jurídico do Município, Ezílio Manchini, responsável por elaborar o teor da lei e posteriormente o decreto que regulamenta a legislação.

De acordo com as diretrizes estabelecidas, para cada quatro quilos de material reciclável a pessoa terá direito a receber um quilo de hortifrutigranjeiros. O decreto define ainda que poderão ser trocados somente três tipos de materiais: papel, plástico e papelão.

Junior da Femac afirma que o programa entrará em funcionamento no mês de outubro. “Isso porque houve um período de seca nos últimos meses, aliado com o registro de frio e geada. Com o retorno das chuvas, acreditamos que em outubro já haverá uma boa produção de hortifrutigranjeiros, com um volume suficiente para iniciarmos o programa”, observa.

O prefeito afirma que o “Feira Verde” promoverá uma sinergia com outros programas, como o Terra Forte que fortalece a agricultora familiar, as hortas comunitárias, os empreendimentos da economia solidária e também associações de catadores de materiais recicláveis. “O sucesso do programa implicará o fortalecimento dos outros, fomentando as pequenas propriedades rurais, a preservação do meio ambiente, a educação ambiental e a segurança alimentar e nutricional”, reforça o prefeito de Apucarana.

O vereador Rodrigo Recife lembra que, além dos hortifrutigranjeiros, o programa prevê ainda o fornecimento de gêneros alimentícios como leite, mel, ovos e compotas de geleias. “Quero agradecer ao prefeito Junior da Femac que desde a primeira conversa que tivemos se colocou à disposição para viabilizar o projeto. O programa, além da questão ambiental, vai contribuir significativamente para promover hábitos de alimentação saudável junto à população”, frisa Recife.

O procurador jurídico do Município ressalta a sustentabilidade ambiental, aliando a educação ambiental e o ganho econômico para quem aderir ao programa. “O olhar ambiental faz a diferença. Ficamos tristes quando vemos lixo jogado em um terreno baldio e o programa vem para contribuir com a conscientização. Além disso, sabemos que vivemos um momento em que o custo dos alimentos se elevou bastante e a possibilidade da troca do reciclável por alimentos também representa um ganho econômico para parcela da população”, pondera Manchini.

O “Feira Verde” será operacionalizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. “Estamos finalizando o mapeamento da cidade e em breve divulgaremos o calendário, bem como os pontos de troca e detalhes de toda a operacionalização do programa”, informa Gerson Canuto, secretário municipal de Agricultura.

 Fotos: Edson Denobi