Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Eloyr Milano recebe Título de Cidadão Honorário de Apucarana

Eloyr Milano recebe Título de Cidadão Honorário de Apucarana

por apu — publicado 09/06/2015 20h02, última modificação 08/04/2016 17h42
Câmara Municipal de Apucarana realizou na noite desta sexta-feira (05), a entrega do título de Cidadão Honorário ao ex-vereador Eloyr Bernardo Milano.

A solenidade foi prestigiada por autoridades civis e militares, além de familiares e amigos do homenageado.

A concessão do diploma, aprovada por unanimidade no Legislativo, foi proposta pelo vereador Mauro Bertoli. “Foi com muita satisfação e orgulho que apresentei o Projeto de Lei que possibilitou a entrega desse título. Sabemos que em favor de nossa cidade, o Sr. Eloyr aceitou diversos desafios, sendo ainda, eleito vereador em 1959 e contribuindo de maneira cada vez mais significativa com o nosso Município”, destacou.

O servidor municipal aposentado agradeceu aos vereadores pela homenagem recebida. “Ao longo do tempo tive oportunidades de receber muitas honrarias, mas penso que faltava receber o Título de Cidadão Honorário de Apucarana. Agora estou extremamente feliz e agradeço de coração a cada vereador pela concessão desse título”, disse o homenageado.

O Prefeito Beto Preto que também participou da solenidade, fez questão de ressaltar a importância da entrega da honraria ao homenageado. “Primeiramente gostaria de agradecer ao Sr. Eloyr por ter aceitado o título e também ao vereador Mauro Bertoli pelo propósito dessa homenagem. O Sr. Eloyr é um arquivo vivo da história de Apucarana, prestou serviços ao Município por mais de 40 anos, sempre com muita retidão, paciência, tolerância e ainda, elevado espírito público”, destacou o chefe do Executivo.

 

HISTÓRICO

Eloyr Bernardo Milano, natural de Matos Costa – SC, Nascido em 03/12/1929 filho de Jerônimo Milano e Antonieta Milano, Casado em 16/07/1955 com Maria Jose Bonilha Milano,  dessa união vieram quatro filhas e um filho, Margarida Aparecida , Fatima Aparecida, Maria Virginia, Acacia Cristina e Alan Francisco, hoje 12 netos e um bisneto. Mudou-se para o Norte do Paraná, mais precisamente para Joaquim Távora  em Março de 1934, posteriormente em 04/08/1945, incentivado pela persperctiva de uma futuro promissor da cidade, que estava em franco desenvolvimento, mudou-se para Apucarana, com seus familiares, onde seu pai Jerônimo Milano, primeiro químico industrial, montou uma fabrica e deposito de bebidas,  Jovem quase adolescente aceitava todo desafio que pintava, em 1949 ingressou no recém implantado Ginásio Municipal de Apucarana, no período noturno, ligado ao futebol como segundo secretario do Gremio Esportivo e Recreativo Apucaranense, -GERA- . Atuava nas reuniões semanais, portaria e bilheteria, do Estádio Bom Jesus da Lapa. No ano 1950, Como todo Brasileiro se alinhava a campanha pela Copa do Mundo no Brasil de triste memória, com a derrota para o Uruguai, em 16/07/1950. Outro fato reanimava toda a Nação Brasileira, com as Eleições Presidenciais em 03/10/1950, com a vitoria de Getulio Vargas para presidente da republica e Bento Munhoz da Rocha Neto para Governador. No ano Seguinte 1951, dia 22/07/1951  eleição a Prefeito municipal de Apucarana, com a Vitoria do Coronel Luiz Jose dos Santos, Tudo era Alegria. Convidado pela Jornalista Enaura de Carvalho Silvério para colaborar com seu jornal GAZETA DE APUCARANA, onde passou a fazer a parte social e esportiva do referido semanário, ate abril de 1955. Quando foi vendido e transferido para o Engenheiro Osvaldo Otavio Pereira, antes disso, em 1946 assistiu a invasão dos gafanhotos, que dizimava todo vegetal que havia, mas os agricultores, heroicamente, suportaram a praga.  Em outubro nas eleições parlamentares, Apucarana apoio o candidato a deputado Estadual, Firma Neto, o qual foi eleito com 648 votos 50% dos votos obtidos em Apucarana, toda a população Apucaranense vibrava com a vitoria do seu deputado, pouco depois a decepção, com a traição, o deputado de Apucarana trabalhando contra Apucarana, Beneficiando Mandaguari, Onde não obtivera voto.  No ano de 1947, dois importante acontecimento, ocorreu em nossa cidade, em 15/03/47,  inauguração da filial das Casas Pernambucanas,  A segunda no norte do Paraná, Com gerenciamento do Sr. Ataide de Figueiredo,  em 16/06/47 a inauguração da Radio Difusora de Apucarana, Sob a gerencia do Sr. Antonio Marcos Scarpari Dametto, a terceira radio do norte do Paraná.  Pois apenas em Cambará e Londrina tinham emissoras de Radio, Em 01/03/1948 a inauguração da agencia da Caixa Econômica Federal , sob a gerencia do Sr. Lauro Zaikzuke, no Edifício Adão. No inicio de 1953 a inauguração do Club 28 de Janeiro, pouco depois, na primavera do mesmo ano a queda do teco-teco no inicio da noite, na região do Club 28 de janeiro, no lote do Sr. Tsuneo Otta. Foi um grande Acontecimento. Em 1953 com a Inauguração do Fórum Estadual, na Praça Palmas, Atual Rui Barbosa, com a presença do Governador Bento Munhoz Neto e do Desembargador Antonio Franco Ferreira da Costa presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, Dias depois o primeiro júri popular tendo com a ré Enaura Carvalho Silvério, que ao final foi absolvida por unanimidade, outros fatos aconteceram em Apucarana em 1956, a agressão covarde ao combativo vereador, Jose Ribeiro de Souza após sessão da Câmara. Em Julho de 1955 a visita do Governador de São Paulo, Adhemar de Barros, Em outubro de 1959 a eleição de Prefeito  e Câmara de Vereadores, com quinze membros, na qual foi eleito o homenageado. Na data da posse em 11/12/1959, com a eleição do mesmo a Segunda Secretaria da Mesa Executiva. Em 1980 durante a fase jurisdicional do magistrado Dr. Miguel Thomaz Pessoa Filho, Por muitos anos, fez parte do corpo de jurados da Comarca. Em 03/03/1965 a queda da caixa d’água da Sanepar na Rua Galdino Gruk Junior. Em 26/07/1965   a inauguração da TV Tibagi canal 11, com desfile de carros antigos e seus ocupantes com modelos a caráter. Em 18/06/77 a passagem pelo centro de Apucarana  em carro oficial do Príncipe Hakihito e a Princesa Misiko,  Ele de carro na presença do Presidente da Republica Ernesto Geisel , no carro seguinte a princesa Misiko, a  primeira dama Sra Marli Geisel e a esposa do Embaixador do Brasil no Japão. Entre outras autoridades , Ministro de estado, Senadores e Deputados. Vale ressaltar que o referido Príncipe e Princesa, são hoje Imperador e Imperatriz do Japão. Em Junho de 1967 adentrô no serviço publico (Prefeitura) a convite do Prefeito Saul Guimarães da Costa, onde trabalhou por 42 anos até a aposentadoria. Em linhas gerais a este retrato falado do Homenageado. Eloyr Bernardo Milano, que justifica a conceção da Horária,  conferida por essa Câmara de Vereadores de Apucarana.